+55 (67) 99166-3592
terça, 13 de novembro de 2018

Na Câmara, vereador solicita aferição das balanças nas feiras-livres

03 JUL 2017Por: Assessoria de Comunicação da Câmara19h28
Vereador pede ainda fiscalização em relação aos produtos de origem vegetal e animalVereador pede ainda fiscalização em relação aos produtos de origem vegetal e animal / Foto: Ascom

O vereador Yussef Salla está solicitando que seja feira aferição das balanças utilizadas nas feiras-livres de Corumbá. O pedido foi feito durante sessão ordinária na Câmara de Vereadores e endereçado ao diretor-presidente do INMETRO, Nilton Pinto Rodrigues.

“Precisamos que sejam tomadas providências em relação às balanças, já que temos recebido denúncias por parte da população, de que existem balanças utilizadas por feirantes, que não estão funcionando adequadamente”, explicou Yussef.

O vereador cobrou ainda da Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON), comandada por Lucianne Andréa Jesus dos Santos Sampaio, que estas balanças sejam constantemente fiscalizadas para evitar prejuízos aos consumidores.

Além disso, o edil está solicitando ao setor e Vigilância Sanitária da Prefeitura, fiscalização em torno dos produtos de origem vegetal e animal que são vendidos nas feiras, para se saber principalmente a procedência e as condições sanitárias dos produtos.

Infraestrutura

Já à Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, o vereador pediu a recuperação do pavimento asfáltico da Rua Marechal Deodoro, entre as ruas São Paulo e Rio Grande do Sul, no Bairro Popular Nova, que se encontra “intransitável por conta do buraco, ocasionando danos materiais a população e àqueles que passam pelo local”, diz, ressaltando que há riscos inclusive de “acidentes com veículos, o que pode acarretar em consequências gravíssimas aos condutores”.

Além disso, o pedetista pediu a limpeza e roçada de terrenos no Bairro Padre Ernesto Sassida, em atendimento a solicitação de moradores “que nos relatam os perigos e problemas que enfrentam com o mato, favorecendo surgimento de animais peçonhentos e muitos mosquitos, podendo ocasionar uma epidemia no local”.

Comentários
Veja Também
Divulgue 2