+55 (67) 99166-3592
terça, 16 de outubro de 2018
Set
Saúde

Profissionais dos CAPS participam de capacitação para aprimorar serviços

24 JAN 2018Por: Assessoria de Comunicação da PMC15h45
Capacitação aconteceu nas dependências do CAPSCapacitação aconteceu nas dependências do CAPS / Foto: Renê Marcio Carneiro/PMC

A capacitação “Tecendo Saberes em Saúde Mental” ofereceu aos profissionais que atuam nos CAPS em Corumbá nove dias de palestras, diálogos e discussões. De iniciativa do Centro de Atendimento Psicossocial Infantil (CAPSi), órgão pertencente à Prefeitura Municipal de Corumbá, teve o objetivo de promover educação permanente em saúde, com fins de aprimorar o atendimento aos usuários dos serviços, ampliando a qualidade das atividades oferecidas. O curso foi organizado pelo CAPSi, no período de 08 a 18 de janeiro. A capacitação também foi alusiva ao “Janeiro Branco”, campanha que propõe colocar temas relacionados à saúde mental o máximo possível em evidência, como também alertar para que cada um reflita sobre a importância de cuidar da saúde emocional.

Organizado pela equipe do CAPS Infantil, sob coordenação de Daianny Garcia do Nascimento, o curso se estendeu ao CAPS II “José Fragelli” – voltado para o tratamento de maiores de 18 anos com transtornos mentais persistentes e severos – e ao CAPS ad, com foco em adultos com problemas com álcool e drogas. “Sem custo financeiro, organizamos essa capacitação para suprir a necessidade que temos em ampliar conhecimento, analisar reflexivamente o alcance do nosso trabalho na vida dos usuários dos serviços, com a intenção de aperfeiçoarmos nossas práticas profissionais”, afirmou Marci Eliane, coordenadora do Núcleo de Saúde Mental da Prefeitura Municipal de Corumbá.

Nos três primeiros dias, os profissionais assistiram a filmes e discutiram artigos científicos relacionados aos temas dos longas-metragens. No dia 11, a psicóloga e mestre Sílvia Segóvia Araújo Freire, docente da UFMS, palestrou sobre o uso e abuso de álcool e outras drogas com leitura coletiva da Classificação Internacional de Doenças (CID) e os principais tipos de transtornos relacionados. Nos dias 12 e 15, houve levantamento dos principais desafios dos três CAPS, seleção e discussão de artigos científicos sobre o papel de cada profissional em cada CAPS.

No dia 16, os participantes discutiram a respeito do acolhimento em saúde mental e no dia 17 exibição de novo filme para também discutir assuntos relacionados à mente. A capacitação foi encerrada com a participação do Dr. Luís Fernando Galvão, professor de Psicologia da UFMS. O palestrante discursou sobre a utilização do diagnóstico descritivo (CID – 10 – DSM – V), seus alcances e limites.

Além dos CAPS, a Rede de Atenção Psicossocial do Município de Corumbá conta com Serviço Residencial Terapêutico para receber pessoas egressas de hospitais psiquiátricos com intenção de longa data, no mínimo dois anos, e que já não têm mais vínculos familiares. Esse serviço é uma extensão do CAPS II. Além disso, há seis leitos psiquiátricos na Santa Casa, que contribui para a estabilização dos pacientes.

Comentários
Veja Também
Divulgue 2