+55 (67) 99166-3592
segunda, 17 de dezembro de 2018

Pesquisa revela que 61,1% da população de MS está acima do peso

07 ABR 2018Por: Leonardo Cabral09h50
Pesquisa foi aplicada em 17 cidades, incluindo CorumbáPesquisa foi aplicada em 17 cidades, incluindo Corumbá / Foto: Internet

Pesquisa revela que 61,1% da população de Mato Grosso do Sul possui algum tipo de alteração metabólica, ou seja, apresentam sobrepeso e obesidade. Ao todo, cerca de 750 pessoas foram entrevistadas pela Rede São Bento, responsável pelos dados.

Do total dos entrevistados, 66,3% foram mulheres e 33,7% homens. 17 municípios, incluindo Corumbá, foram visitados para que os resultados da pesquisa fossem divulgados.

Ainda conforme os dados, ficou comprovado que, do total, 458 pessoas possui algum tipo de alteração metabólica e 30,3% dos participantes estão com a circunferência abdominal elevada.

Os números da pesquisa revelam que a população ainda não sabe como se alimentar direito. A consequência disso é o aumento dos casos de problemas cardiovasculares, tornando-se assim, risco para a saúde pública.

De acordo com a nutricionista, Ticiane Croda, da rede São Bento, mudar este cenário depende muito da força de vontade individual.

“Muitas pessoas associam a boa alimentação a produtos caros, porém, é apenas questão de disciplina e organização. Além disso, é preciso ter um bom acompanhamento profissional e ingerir muito líquido, pelo menos dois litros de água ao dia”, alertou Ticiane.

A pesquisa foi desenvolvida nos municípios de: Campo Grande, Corumbá, Dourados, Sidrolândia, Três Lagoas, Cassilândia, Maracaju, Jardim, Aquidauana, Chapadão do Sul, Rio Brilhante, Ponta Porã, Naviraí, São Gabriel do Oeste, Amambai e Costa Rica.

 

 

Comentários
Veja Também