+55 (67) 98417-2849
quinta, 24 de maio de 2018
Dados atualizados

Ministério da Saúde descarta mais um caso de febre amarela em MS

07 FEV 2018Por: Campo Grande News12h45
Mosquito Aedes aegipty é o transmissor da febre amarelaMosquito Aedes aegipty é o transmissor da febre amarela / Foto: Alexandre Carvalho

O Ministério da Saúde descartou mais um caso de febre amarela em Mato Grosso do Sul. A informação foi divulgada, nesta quarta-feira (07), por meio da atualização do boletim com o número de casos em todo o Brasil.

Até a semana passada, o caso suspeito mais recente de febre amarela no Estado foi registrado em Deodápolis, a 252 km da Capital. O dado foi divulgado no dia 30 de janeiro.

Com a atualização, MS segue com cinco casos notificados da doença, tendo aumentado de três, para quatro o número de descartes. Um outro caso segue sendo investigado pelo ministério.

O Ministério da Saúde reforça que a febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre). O último caso de febre amarela urbana foi registrado no Brasil em 1942, e todos os casos confirmados desde então decorrem do ciclo silvestre de transmissão.

Em todo o país, 353 casos e 98 óbitos foram confirmados no período de 1º julho de 2017 a 6 de fevereiro deste ano. No mesmo período do ano passado, foram confirmados 509 casos e 159 óbitos. Ao todo, foram notificados 1.286 casos suspeitos, sendo que 510 foram descartados e 423 permanecem em investigação.

Comentários
Veja Também