+55 (67) 99166-3592
terça, 13 de novembro de 2018

Médico é preso por bombeiro após negar atender paciente em UPA

14 SET 2018Por: Correio do Estado09h38

Um médico plantonista da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Universitário foi preso por omissão de socorro na noite de ontem (13), em Campo Grande. A voz de prisão foi dada por um bombeiro que encaminhava paciente na viatura de socorro e teve a negativa do profissional de saúde pelo atendimento, mesmo com a determinação da central de regulação.

De acordo com o boletim de ocorrência, a ambulância do Corpo de Bombeiros estava em atendimento de um paciente com a coluna travada e foi regulada para a UPA do Universitário. Chegando no posto de saúde, o médico identificado como Thiago José Maksoud Machado se negou a prestar atendimento, alegando que a unidade de saúde estava lotada.

O médico disse ainda que a ambulância deveria levar o paciente para a UPA das Moreninhas. Segundo os militares, para que a viatura fosse para outra unidade, a central de regulação que deveria fazer a determinação e o médico deveria ainda avaliar o paciente antes disso, o que não foi feito.

Com o médico mantendo a decisão de não atender o paciente, o sargento Riboviski deu voz de prisão por omissão de socorro e acionou a Polícia Militar, que foi até a unidade e encaminhou o médico à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga.

 

 

 

 

 

Comentários
Veja Também
Divulgue 2