+55 (67) 99166-3592
segunda, 17 de dezembro de 2018

Em Brasília, secretário busca programa que beneficie Santa Casa

21 MAR 2018Por: Assessoria de Comunicação da PMC17h30
No Ministério da Saúde, secretário Rogério Leite em reunião com coordenadora-geral da Gestão do Trabalho em Saúde.No Ministério da Saúde, secretário Rogério Leite em reunião com coordenadora-geral da Gestão do Trabalho em Saúde. / Divulgação

Em Brasília desde o dia 20, o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite, tem participado de congresso internacional, esteve no ato de assinatura entre o MEC e a Prefeitura de Corumbá para que faculdade de medicina seja instalada no município e tem dialogado com vários segmentos do Ministério da Saúde. Na manhã desta quarta-feira, 21 de março, reuniu-se com Eliane Assis, coordenadora-geral da Gestão do Trabalho em Saúde do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (Degerts). O órgão é vinculado à Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde.

 

O encontro teve como finalidade, além de estreitar relacionamento com o Governo Federal, trazer para Corumbá, em especial para a nossa Santa Casa, o curso para formação na Metodologia de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho para os Serviços Fixos Hospitalares e Pré-Hospitalares de Urgência e Emergência. “Estamos trabalhando para levar esse programa do Ministério da Saúde para a Santa Casa de Corumbá, na intenção de organizar o processo de trabalho e oferecer melhoria na condição de trabalho aos servidores e, consequentemente, um melhor serviço a nível hospitalar ao nosso munícipe”, afirmou Rogério Leite.

 

O projeto "Desenvolvimento de Metodologia de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho nos Serviços Pré-hospitalares Fixos e Hospitalares de Urgência", objeto da Carta Acordo firmada entre a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e a Associação Brasileira da Rede Unida, tem como objetivo sistematizar a metodologia e disponibilizá-la para a utilização das equipes das Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde, gestores e trabalhadores dos serviços de urgência de todo o País.

 

O objetivo da formação organizada pelo Ministério da Saúde é qualificar profissionais por meio do oferecimento de instrumento de gestão do trabalho capaz de auxiliar no planejamento e dimensionamento da força de trabalho da rede de urgência e emergência. Conforme o Ministério da Saúde, dimensionar é uma das estratégias de qualificação da Gestão do Trabalho em Saúde, proposta que representa apoiar e qualificar os gestores espalhados pelos municípios brasileiros. Com isso, possibilitando a identificação de variáveis que são determinantes para uma gestão de qualidade da força de trabalho, subsidiando a tomada de decisão para o atendimento das necessidades dos gestores, trabalhadores e usuários do Sistema único de Saúde.

Comentários
Veja Também