+55 (67) 99166-3592
terça, 13 de novembro de 2018

Com nomeação de Tereza Cristina, cenário político de MS muda; Bia Cavassa poderá assumir em Brasília

08 NOV 2018Por: Leonardo Cabral09h53

Corumbá e Ladário poderão ter representante em Brasília em 2019. Tudo isso é pelo fato do presidente eleito Jair Bolsonaro, anunciar na tarde de ontem (07) deputada federal Tereza Cristina (DEM) como ministra da Agricultura.

Com isso, Geraldo Resende (PSDB) primeiro suplente de Tereza Cristina, deveria seguir para a Capital Federa, porém, ele também deverá assumir cargo na administração do governo do estado, deixando assim, a vaga para a segunda suplente, que é da corumbaense Bia Cavassa, que esteve na disputa das Eleições 2018, para a vaga de deputada federal.  

Bia Cavassa, que entrou em sua primeira disputa eleitoral, conquistou assim, 17.834 votos, o que representa 1,44% dos votos na coligação PSDB-PATRI-PSD-PMB-DEM e PP.

Em nota em sua rede social, Bia Cavassa, agradeceu o apoio e disse estar muito feliz, em poder representar Corumbá, Ladário, a região pantaneira e todo Mato Grosso do Sul na Câmara Federal.

Ainda conforme a nota, caso ocorra, Bia disse estar à disposição para encarar mais um desafio com muita responsabilidade e compromisso - como sempre fiz ao longo de sua trajetória pessoal e profissional - respeitando àqueles que foram eleitos pelo voto.

Confira a nota na integra

Meus amigos e minhas amigas:

Devido aos últimos acontecimentos em Brasília - com a indicação da Deputada Federal Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura, recebi muitos telefonemas, mensagens e pedidos de declaração à imprensa.

Sendo assim, agradeço as manifestações recebidas ao final desta tarde de quarta-feira (07) e sinto-me feliz e grata ao saber da possibilidade de ter a honra de poder representar a nossa Corumbá, Ladário, a região pantaneira e todo o nosso querido Mato Grosso do Sul na Câmara Federal.

Caso ocorra, estou à disposição para encarar mais um desafio com muita responsabilidade e compromisso - como sempre fiz ao longo da minha trajetória pessoal e profissional - respeitando àqueles que foram eleitos pelo voto.

Porém, peço que aguardemos com muita cautela a desenvoltura dos acontecimentos - até suas definições.

Desde já, mais uma vez agradeço pelo carinho e atenção.

Bia Cavassa

 

 

Comentários
Veja Também
Divulgue 2