+55 (67) 99166-3592
sexta, 19 de outubro de 2018
Set

SIG deflagra “Operação Bate-Grades”, prende dois e desarticula tráfico de drogas em Presídio

09 AGO 2018Por: Leonardo Cabral09h35
Droga era comercializada fora e dentro do presídio; dois foram presosDroga era comercializada fora e dentro do presídio; dois foram presos / Foto: Divulgação SIG

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, deflagrou na noite desta quarta-feira, 08 de agosto, a “Operação Bate-Grades”, que resultou na prisão de duas pessoas, um homem, identificado como Reginaldo da Silva Mendonza, de 29 anos e uma mulher, Jadinete Borba da Silva, que não teve a idade revelada. Eles são acusados de tráfico de drogas em Corumbá e também no Presídio Masculino da cidade.

Conforme informações repassadas pela equipe policial, a apreensão só foi possível após dois meses de investigação, que apontou o envolvimentos dos indivíduos acerca da traficância exercida em vários pontos da cidade e comandada de dentro do Estabelecimento Prisional de Corumbá, com envolvimento de detentos.

O primeiro a ser preso foi Reginaldo, quando então a equipe já o estava monitorando e ao tentar realizar a abordagem, o mesmo que estava em um veículo, Fiat Uno, cor cinza, percebeu a presença policial e tentou empreender fuga. Mas devido a perseguição policial, o mesmo foi parado no cruzamento das ruas Wensceslau de Barros, com Major Gama, Centro. Tudo indicava que ele estaria se dirigindo para as “bocas de fumo”, onde realizaria a distribuição dos entorpecentes.

Ao ser revistado, encontrou-se em uma carteira de cigarro 04 porções de pasta base. Indagado, Reginaldo, prontamente confessou que a droga seria entregue em uma boca de fumo conhecida como “Boca da loira”, localizada na rua Antônio João, também na região central. Por conta da situação, imediatamente a equipe se dirigiu até o local e constatou que, Jadinete, se encontrava esperando-o para receber os entorpecentes.

Já na sede do SIG, Jadienete confessou que iria adquirir uma porção de pasta base por R$ 100,00 de Reginaldo, para revender, e, que, ele habitualmente lhe vendia a droga para ser comercializada naquele local.

Por fim, em decorrência das investigações encetadas, os policiais do SIG se dirigiram até a residência da mãe de Reginaldo, provável local no qual o mesmo se utilizava para esconder os entorpecentes. Após cientificar os moradores acerca dos fatos, autorizada a entrada, localizou-se no quarto do acusado mais 34 porções de pasta base.

Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão, confessando a prática do delito. Ainda acabou confirmando as informações obtidas durante a operação, de que o verdadeiro dono dos entorpecentes se encontra preso no Estabelecimento Prisional de Corumbá.

Também foi realizada a prisão da amásia do suposto detento dono dos entorpecentes, a qual ficou confirmada a prática e associação existente entre Reginaldo e seu esposo, bem como constatou-se também que a quantia de R$1655,00 apreendida junto aos dois era proveniente do comércio de tráfico de drogas.

Conforme o delegado titular do SIG, Rodrigo Blonkowski , a Operação “Bate-Grades” ainda se encontra em curso e em breve terá desdobramentos.

“Esta é a segunda operação realizada pelo SIG no segundo semestre de 2018 visando a repressão aos fornecedores de entorpecentes na cidade de Corumbá. As ações continuarão com rigor, e denúncias podem ser feitas pelo whatsapp do SIG, pelo telefone 99272-6380, o sigilo é mantido”, garante o delegado.

Além disso, foram apreendidos 38 porções de pasta base pesando aproximadamente 400g, quatro aparelhos celulares e o veículo utilizado por Reginaldo, para efetuar entregas de entorpecentes.

 

Comentários
Veja Também
Divulgue 2