+55 (67) 98417-2849
quarta, 18 de julho de 2018
SET Fev

Rixa entre adolescentes foi a causa da briga que terminou com um esfaqueado em escola de Ladário

10 ABR 2018Por: Leonardo Cabral18h59
Foto: Internet

Dezessete e dezesseis anos, essas são as idades dos adolescentes que se envolveram em uma briga na Escola Estadual Leme do Prado, em Ladário, na tarde desta terça-feira, 10 de abril. É o que informa o boletim de ocorrência n° 492/2018, registrado na Delegacia de Polícia Civil da Pérola do Pantanal.

Segundo o registro policial, o adolescente de 17 anos foi quem resultou ferido. Ele foi encaminhado ao pronto-socorro com perfurações superficiais na região do peito, barriga e pescoço.

O adolescente de 16 anos, responsável em golpear a vítima com uma faca, relatou que, já havia rixa entre os dois e que hoje, ele teria pedido para ir ao banheiro, quando o adolescente de dezessete anos chegou pelas costas e o agrediu com um soco na cabeça e ainda teria jogado um copo de alumínio em sua direção.

Por conta da situação, ele acabou tirando de sua cintura uma faca e golpeando o outro estudante. Logo depois, ele teria retornado para sala de aula, momento em que colocou a faca na cintura. Segundos depois, os professores foram até a sala de aula e encaminharam o jovem para a direção da instituição.

O Corumbá Agora, já havia apurado os fatos, porém a idade e nem o motivo da briga teriam sido revelados. Em contato com o delegado da Polícia de Civil de Ladário, Sam Suzumura, ele já tinha adiantado que o responsável pelo esfaqueamento teria sido ouvido juntamente com os responsáveis.

“Ele foi trazido à Delegacia, para esclarecimentos junto aos responsáveis. Agora vamos apurar as circunstâncias dos fatos e ouvir os dois lados”, informou o Delegado.

Ele ainda teria dito que a faca que estava em poder do menor infrator foi apreendida.

Além disso, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Educação (SED), o caso também será apurado por meio da Coordenadoria Regional de Educação de Corumbá, CRE-3, que mandará uma equipe até o local, cumprindo o que prevê o regimento nestas ocorrências. O adolescente ferido não corre risco de vida e será ouvido também junto com os seus responsáveis.

 

 

 

 

 

Comentários
Veja Também
Divulgue 2