+55 (67) 99166-3592
terça, 13 de novembro de 2018

Em Corumbá, PF prende homem suspeito de integrar quadrilha que transportava cocaína da Bolívia para MT

06 NOV 2018Por: Leonardo Cabral11h53
Homem foi levado para sede da PF em CorumbáHomem foi levado para sede da PF em Corumbá / Foto: Arquivo Corumbá Agora

Polícia Federal de Corumbá, cumpriu mandado de prisão contra homem, que não teve nome revelado, na manhã desta terça-feira, 06 de outubro. Ele é suspeito de integrar uma organização criminosa que traficava cocaína da Bolívia para o Estado de Mato Grosso.

A prisão faz parte da Operação Escalada deflagrada hoje pela Polícia Federal de Mato Grosso. De acordo com a PF, a organização criminosa transportava droga da Bolívia em aviões e usava pistas clandestinas para pousar naquele Estado.

Depois disso, a droga era ocultada e embarcada em caminhões em fundos falsos a fim de ser transportada para São Paulo.

As investigações se iniciaram há aproximadamente dez meses e estavam baseadas em Cuiabá. Toda a droga entrava pela fronteira da Bolívia com MT.

No total, a PF apreendeu 3.716 quilos de pasta base de cocaína, além de uma aeronave bimotor e diversos veículos utilizados no transporte da substância ilícita ou adquiridos com valores provenientes do tráfico.

Na ação de hoje, serão cumpridos 42 mandados judiciais, sendo 4 de prisão preventiva, 14 de prisão temporária e 24 mandados de busca e apreensão.

Além de Corumbá, as ações, ocorrem em Cuiabá, Várzea Grande, Santo Antônio de Leverger, Poconé, Cáceres, Rondonópolis e Alto Araguaia. No Amazonas, em Manaus e em São Paulo, Paulinia e Bauru. A operação chega também a Uberlândia, em Minas Gerais, e Vilhena, em Rondônia.

Operação Escalada

O nome da operação é em razão de alguns dos principais investigados terem experimentado um grande aumento patrimonial em tempo reduzido sem qualquer ocupação lícita que as justifique, tais como uma cobertura em apartamento de luxo e imóvel e apartamento de luxo em Cuiabá. (Com informações G1/MT e RD NEws-MT).

 

Comentários
Veja Também
Divulgue 2