+55 (67) 99166-3592
segunda, 24 de setembro de 2018
Governo

Acusados de aborto casal é preso em flagrante pela DAIJI

06 MAR 2018Por: Daniela Ramos14h25
Casal confessou que a jovem teria tomado um remédio abortivo.Casal confessou que a jovem teria tomado um remédio abortivo. / Divulgação /Polícia Civil

Na data de hoje, 06 de março, investigadores da Polícia Civil juntamente com o delegado responsável
Rodrigo Blonkowski dirigiram-se até a Maternidade de Corumbá após receberem a denúncia da morte de um recém-nascido caudada por aborto.

O aborto foi causado pela mãe do bebê identificada por F.A.Lde 22 anos com a ajuda do companheiro C.H.B.C de 23 anos. A mulher deu entrada no hospital na tarde de ontem (05) por volta das 14h em trabalho de parto.

A jovem foi avaliada por uma médica que notou que a mesma estava tendo um aborto. O casal confessou que a mulher havia tomado um remédio que para provocar o aborto da criança. Na manhã de hoje, o feto de seis meses não resistiu e veio a óbito.

A dupla foi encaminhada para a Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso (DAIJI), após a lavratura do flagrante, asseverou que devido a gravidade da conduta, por não restar concluído o laudo necroscópico, bem como  não estarem presentes as  excludentes do artigo 128 do Código Penal  (risco para a mãe e caso de estupro, bem como não se tratar de anencéfalo) não arbitrou fiança, encaminhando o expediente para apreciação do Poder Judiciário.

Comentários
Veja Também
Divulgue 2