+55 (67) 99166-3592
terça, 13 de novembro de 2018

A partir desta segunda, Detran de Corumbá começa parcelamento de multas no crédito

09 NOV 2018Por: Leonardo Cabral16h19
Detran fica no bairro Guarani, parte alta de CorumbáDetran fica no bairro Guarani, parte alta de Corumbá / Foto: Internet

Interessados em parcelar as dívidas dos veículos no cartão de crédito na região de Corumbá poderão procurar a partir desta segunda-feira, 12 de novembro, a agência do Detran-MS (Departamento Estadual de Mato Grosso do Sul), localizada na rua Piauí, 3015- Bairro Guarani, das 07h30 às 13h30. Além disso, outro ponto foi colocado à disposição, sendo posto Despachante Fórmula 1, na rua América, 391 – Centro, das 08h às 11h30 e das 13h às 19h.

Corumbá segue a lista do Detran-MS, dos municípios a receberem esta ação destinada aos condutores que estejam pendentes com o órgão fiscalizador de trânsito.

Para o diretor-presidente do Detran-MS, Roberto Hashioka Soler, a intenção é alinhar o atendimento de forma a atender todo o Estado.

“Além de Corumbá, no interior o parcelamento já pode ser feito em Amambai, Bonito, Coxim, Dourados, Naviraí, Sidrolândia e Três Lagoas, sendo que a previsão é que até o começo do próximo ano todo o Estado disponha do serviço.”, explicou Roberto.

Já de acordo com o representante da PinPag, empresa credenciada pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) para atender a demanda,  Domingos Vasques de Sá, todas as dívidas poderão ser parceladas em até doze vezes.

"Além disso, o usuário poderá utilizar até três cartões de crédito diferentes se for necessário para atingir o limite de crédito de cada cartão", encerrou. 

Até o momento

O primeiro mês de parcelamento de dívidas de veículos junto ao Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) teve um saldo de 1.204 operações efetivadas. O Termo de Cooperação Técnica e Permissionamento não Oneroso foi assinado com a empresa Esmeralda Serviços Digitais Ltda, a PinPag, que passou a oferecer o parcelamento em até 12 vezes. (Com informações assessoria de imprensa).

Comentários
Veja Também
Divulgue 2