+55 (67) 98417-2849
domingo, 24 de junho de 2018
São Joao

Ação marca Dia Mundial contra o Trabalho Infantil em Corumbá

12 JUN 2018Por: ASCOM PMC14h35
Ação foi realizada no Centro da cidadeAção foi realizada no Centro da cidade / Foto: Renê Marcio Carneiro/PMC

Uma ação realizada no cruzamento das ruas Frei Mariano e Dom Aquino marcou o Dia Mundial contra o Trabalho Infantil em Corumbá. A panfletagem foi promovida pela Prefeitura, pro meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Glaucia Antônio Fonseca dos Santos Iunes, responsável pela pasta, destacou a importância da data e lembrou do constante trabalho realizado na região não só pelo Poder Público, mas também com diversas instituições parceiras.

A secretária municipal de Assistência Social lembrou ainda da Rede de Atendimento Contra o Trabalho Infantil existente na cidade: São sete CRAS e um CREAS, além da própria Secretaria e da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos. O Município também conta com o Disque 100 e com o 0800-647-4488 do Conselho Tutelar.

12 de Junho

O Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil celebra-se a 12 de junho. Quem criou esta celebração foi a Organização Internacional do Trabalho. Esta agência das Nações Unidas instituiu a data do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil em 2002.

Esta data, celebrada no mesmo mês do Dia Mundial da Criança, visa alertar a população para o facto de muitas crianças serem obrigadas a trabalhar diariamente quando deveriam estar na escola a aprender e a construir um futuro melhor para si e para as suas famílias.

O Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil deseja assim promover o direito de todas as crianças serem protegidas da exploração infantil e doutras violações dos seus direitos humanos fundamentais, assim como a combater todos os tipos de trabalho infantil. Algumas celebridades juntam-se à causa, para aumentar a divulgação da data.

"Não ao trabalho infantil na cadeia produtiva" é o tema do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil 2016. A UNICEF estima que existam 168 milhões de crianças vítimas de trabalho infantil, trabalhando muitas delas (85 milhões) em condições de exploração infantil, com perigos graves à saúde e sendo envolvidas em conflitos armados.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho, mais de 20 em cada 100 crianças entram no mercado de trabalho por volta dos 15 anos de idade nos países pobres.

Comentários
Veja Também