+55 (67) 99166-3592
terça, 11 de dezembro de 2018
cassems

FASP: Redes Públicas de ensino de Corumbá e Ladário se organizam para apresentações

12 ABR 2018Por: Assessoria CRE-315h00
m 2018, o FASP ocorrerá de 24 a 27 de maio na fronteira Brasil-Bolíviam 2018, o FASP ocorrerá de 24 a 27 de maio na fronteira Brasil-Bolívia / Foto: Arquivo PMC

As Redes Públicas de ensino de Corumbá e Ladário, Prefeituras Municipais e Rede Estadual estão articulando apresentações culturais que farão parte da programação de atividades de um dos principais eventos do Pantanal: Festival América do Sul do Pantanal.  Em 2018, o FASP ocorrerá de 24 a 27 de maio na fronteira Brasil-Bolívia, nas cidades brasileiras de Corumbá e Ladário, bem como nas bolivianas, Puerto Soárez e Puerto Quijarro.

A Coordenadoria Regional de Educação, CRE-3, juntamente com as Secretarias de Educação de Corumbá e Ladário estão fomentando o estudo da cultura sul americana na cidade.

As Escolas Municipais e Estaduais estão elaborando atividades culturais, como apresentações de canto, música e dança para esse grande evento cultural. As escolas farão homenagens aos países que englobam a América do Sul, ressaltando a importância da cultura e cidadania como forma de alavancar a sociedade. As escolas interessadas em participar destas ações podem solicitar, até dia 15 de abril, a ficha de inscrição à CRE-3 pelo endereço eletrônico crecorumbá@gmail.com e/ou crecorumbá @sed.ms.gov.br.

A décima quarta edição do Festival América do Sul do Pantanal é articulada pela Secretaria da Cultura e Cidadania (SECC) e uma realização da Prefeitura de Corumbá e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. A programação do FASP contará coma a participação de 10 países do continente sul-americano, envolvendo várias áreas artísticas, entre elas: artesanato, artes cênicas, cinema, artes visuais, literatura, gastronomia e música.

De acordo com a equipe de organização, o festival terá várias atividades voltadas para os estudantes locais, bem como para oficinas e debates sobre o patrimônio histórico, a economia criativa, cultura e as artes de rua. Também estão programadas oficinas, palestras, exposições e seminários.

 

 

Comentários
Veja Também